Lula recebe editores do ‘Wikileaks’ e pede libertação de Assange, fundador do site investigativo

O presidente Lula recebeu em Brasília a equipe do Wikileaks e pediu a libertação de Julian Assange, fundador do portal investigativo de notícias.

Assange está preso na Inglaterra e deve ser extraditado para os Estados Unidos, onde corre o risco de ser condenado a 175 anos de prisão, por divulgar informações consideradas “secretas” pelo governo americano.

No Twitter, Lula chamou a prisão de Assange de injusta e pediu que ele seja solto. E publicou a foto do encontro com os editores do Wikileaks, Kristinn Hrafnsson e Joseph Farrell.

#JTCultura #JornaldaTarde

関連記事

コメント

この記事へのコメントはありません。

TOP